segunda-feira, 16 de novembro de 2009

TEATRO DO ABSURDO


"Não expressamos a palavra suspensão no nosso projecto, mas se voltássemos atrás deixávamos isso bem expresso", admite Pedro Duarte, vice-presidente da bancada parlamentar do PSD.

Há qualquer coisa de Monty Python nisto tudo...

3 comentários:

Contratado disse...

Talvez não seja muito difíl perceber que a palhaçada estaria em deitar ao lixo o trabalho desenvolvido para satisfazer uns caprichozitos.

Ricardo Silva disse...

Tens de ser mais claro, caro Contratado. Prometo que depois te respondo. Mas quase jurava que era capaz de antecipar o contexto...

Mário Machaqueiro disse...

Também não percebo essa dos «caprichozitos». Mas como a frase do Contratado está ambígua, podemos pensar que são os caprichozitos do trabalho desenvolvido, e que ele foi desenvolvido precisamente para os satisfazer...

EMAIL da APEDE: correio@apede.pt
  • Ligações a ter em conta
  • site da APEDE
  • A sinistra ministra
  • A Educação do meu Umbigo
  • ProfAvaliação
  • outrÒÓlhar
  • M.U.P
  • o estado da educacao
  • o cantinho da educacao
  • educação sa
  • correntes
  • movimento escola pública
  • As Minhas Leituras
  • ultimaseducativas
  • PROmova
  • educar resistindo
  • escola pública
  •