quinta-feira, 22 de outubro de 2009

AS BOAS VINDAS DA APEDE A ISABEL ALÇADA

A confirmar-se a sua nomeação para a pasta da Educação, a APEDE dá as boas vindas a Isabel Alçada e expressa a sua natural expectativa relativamente a uma nova atitude no relacionamento com os professores, baseada no respeito, dignificação e valorização profissional, e a uma efectiva mudança de rumo nas políticas educativas que têm sido seguidas nos últimos anos.

É imperioso e urgente que sejam tomadas medidas concretas (e não apenas meras palavras de cortesia ou a abertura de longos processos negociais) no sentido da pacificação da classe docente e da normalização da situação nas escolas.

Para que se compreenda melhor a urgência destas medidas, a APEDE deixa à consideração da nova ministra da Educação, com todo o respeito e espírito construtivo, a seguinte sugestão de leitura, felicitando os colegas por esta tomada de posição colectiva:

http://educar.files.wordpress.com/2009/10/revogacaodaavaliacao_15-10-09.pdf

5 comentários:

Safira disse...

Não estou tão optimista como tu!

Acabei de ouvir 10m e 47ss de discurso de Isabel Alçada e não gostei mesmo nada do que ouvi. A saber a nova Ministra da Educação defende: escola a tempo inteiro; aulas de substituição; plano tecnológico; magalhães; novas oportunidades, etc, etc. Afinal o que é que muda??

Vê-se bem que ela já há muito tempo que não dá auas ao básico e secundário. As aulas de substituição (substituição de quê?) são uma verdadeira tortura, tanto para alunos como para professores... mas insistem...insistem...
Temos luta pela frente e não é pequena, ai não é não!

Ricardo Silva disse...

Olá Safira,

Não se trata de optimismo mas sim da expressão institucional de uma expectativa em relação às medidas que consideramos fundamentais. Não devemos, à partida, considerar que tudo ficará na mesma e afirmamos a imperiosa e urgente necessidade de mudança. Estamos atentos e exigentes, como sempre estivemos.

Já conhecia esse discurso de Isabel Alçada e se é verdade que faz o elogio de muitas medidas controversas do anterior governo, não deixa também de ser verdade que nele não se encontra uma única referência ao Estatuto da Carreira Docente ou ao modelo de ADD. Nem concordância, nem discordância.

Em breve... tudo ficará mais claro.

Abraço

donatien alphonse françois disse...

Bem gostava de estar optimista...vai haver uma mudança de estilo por certo, mas só isso.Também muito depende da nossa capacidade de resposta.

Marcos disse...

Já se conhece a importância da APEDE, mas creio que convém relativizar. É exagerado afirmar-se que a posição da APEDE sobre a nova ministra é a "expressão institucional de uma expectativa em relação às medidas que consideramos fundamentais".

APEDE disse...

Caro Marcos,

Considere ou não um facto relevante a verdade é que a APEDE é uma Associação de Professores e Educadores, legalmente constituída, com Estatutos, registo notarial e o seguinte número de Identificação de Pessoa Colectiva (NIPC): 508498902.
E assim sendo, parece-nos muito razoável considerar institucional qualquer posição oficial da APEDE.

Um abraço

EMAIL da APEDE: correio@apede.pt
  • Ligações a ter em conta
  • site da APEDE
  • A sinistra ministra
  • A Educação do meu Umbigo
  • ProfAvaliação
  • outrÒÓlhar
  • M.U.P
  • o estado da educacao
  • o cantinho da educacao
  • educação sa
  • correntes
  • movimento escola pública
  • As Minhas Leituras
  • ultimaseducativas
  • PROmova
  • educar resistindo
  • escola pública
  •