quarta-feira, 25 de março de 2009

Ministra da Educação responde, esta manhã, a perguntas dos deputados na Comissão de Educação

À hora em que escrevo este post, a ministra da educação está na comissão de educação a responder às perguntas dos deputados. Os deputados do PS tentaram evitar mais uma ida da ministra à comissão de educação, mas o agendamento potestativo feito pelos deputados do PSD obrigou a ministra a comparecer. As perguntas que os deputados querem ver respondidas são:
1. Quais as penalizações previstas para os docentes que recusaram a entrega dos objectivos individuais?
2. Por que razão o ME não fez o controlo de qualidade aos conteúdos do Magalhães? O que tenciona fazer para corrigir as centenas de erros ortográficos e de sintaxe?
3. Como explica a ministra a assinatura de dois contratos com o jurista João Pedroso para a compilação da legislação sobre Educação? Não há juristas no ME capazes de realizarem a tarefa? Por que razão foi feito um ajuste directo e não um concurso público? A encomenda justifica um montante tão elevado? Trezentos mil euros?
4. A que se deve o aumento das agressões físicas contra professores? Vai a ministra fazer alguma coisa para combater o fenómeno da violência escolar?
http://www.profblog.org/

1 comentário:

maria disse...

Pelos vistos não chegou a responder. Apenas ameaças foram lançadas para o ar...Já não há paciência!...

EMAIL da APEDE: correio@apede.pt
  • Ligações a ter em conta
  • site da APEDE
  • A sinistra ministra
  • A Educação do meu Umbigo
  • ProfAvaliação
  • outrÒÓlhar
  • M.U.P
  • o estado da educacao
  • o cantinho da educacao
  • educação sa
  • correntes
  • movimento escola pública
  • As Minhas Leituras
  • ultimaseducativas
  • PROmova
  • educar resistindo
  • escola pública
  •